Unicórnios | O Que A Bíblia Diz Sobre Estes Animais?

Unicórnios | O Que A Bíblia Diz Sobre Estes Animais?

A Bíblia fala sobre unicórnios. Mas, será que se refere mesmo a um animal que existe ou a um mitológico? É isso que vamos investigar neste artigo!

Um dia assisti a uma palestra do Professor Adauto Loureço (físico) sobre a Arca de Noé, onde ele explicava como a existência da Arca da Aliança foi um marco histórico possível aos olhos da Física.

Quando abriu o espaço para questões, uma jovem perguntou se ele achava que os unicórnios podiam ter existido. De imediato uma gargalhada, que foi silenciada por ela ter afirmado que já tinha lido sobre eles na Bíblia.

Honestamente, o professor não sobe responder, pois a área dele era a Física e não a teologia. Também nenhum teólogo na sala soube responder.

A pergunta ficou sem resposta. No entanto, isso não invalidou o facto de me sentir tentado a investigar e perceber como, e onde, é que ela leu sobre unicórnios.

Onde aparecem os unicórnios na Bíblia?

Da pesquisa que eu fiz na minha Bíblia, não vi nenhuma referência. O que me deixou um pouco na dúvida se ela realmente leu a palavra unicórnio.

No entanto, eu sabia que havia várias versões da bíblia em que as traduções usam outras palavras. E assim pesquisei e encontrei uma versão em que a Bíblia falava de unicórnios.

Pude ler a palavra de unicórnio 8 vezes no Antigo Testamento. O mais interessante é que, nas outras versões, o animal aparece referenciado como besta. Estes são os versículos onde se pode ler:

  • Números 23.22 – é um animal forte
  • Salmo 22.21 – é um animal perigoso
  • Números 24.8 – possui grande força
  • Salmo 29:6 – as crias são irrequietas
  • Deuteronómio 33.17 – diz que tem chifre e não apenas um
  • Salmo 29:6 – as crias são irrequietas
  • Jó 39.9-9 – não é um animal doméstico
  • Isaías 34.7 – distingue-se do touro

Porque é que numas versões é Unicórnio e noutras Bestas?

Com referi anteriormente, há varias versões da Bíblia. Ela foi atualizada ao longo de séculos e teve várias traduções.

Eu não tinha nenhuma tradução que me pudesse servir de base para perceber que animal era, nem nenhum texto de referência histórico para entender o contexto linguístico da época em que o animal foi percebido como um unicórnio.

Porém, encontrei uma pista importante numa das visitas ao Museu Nacional de História Natural. Nas placas que colocam para as pessoas lerem, as espécies embalsamadas, para além de terem o nome em Português, também tinham em Latim.

Lembrei-me da tradução bíblica da Vulgata Latin, e lá surgia o nome “unos-cornos”, que traduzindo significa “único corno”.

Assim, a palavra unicórnio surge da tradução da Bíblia Vulgata Latin para as versões atuais.

Afinal, que Animal é o Unicórnio?

Já vimos que a Bíblia dá descrição de algumas características do animai e que sugere não se tratava de um cavalo com um corno na testa. Também vimos que há a questão do nome em latim.

Como vamos perceber que animal é descrito na Bíblia como um unicórnio?

Fiz algumas pesquisas por imagens no google com a a palavra “unos-cornos” e sabem que animal me apareceu?

O rinoceronte! Sim, é verdade, o unicórnio na Bíblia é, nada mais nada menos, o rinoceronte.

Mistério Resolvido

E assim resolvi o mistério do unicórnio bíblico. Não era nenhum cavalo com um corno na cabeça. Tratava-se apenas de um animal bastante conhecido e que se pode ver em qualquer zoo.

Mais tarde, ainda pude ver uma imagem do século XVI que mostrava um desenho de um rinoceronte que veio numa das embarcações provenientes de África para Lisboa, em que se podia ler “unos-cornos”.

Por isso, se acha que a Bíblia se referia a uma animal mitológico, desengane-se, apenas nos contos de fadas e na mitologia é que eles existem.


Ajude a suportar o site!

O site tem uma despesa associada para se manter online. Por isso, precisamos de encontrar formas de financiamento.

Uma delas é adquirido o livro Fenómenos Paranormais na Amazon.

Contamos com a sua ajuda para nos mantermos online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: