Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estamos Sozinhos?

Este é o meu blogue onde procuro dar a conhecer histórias relacionadas com o paranormal e conspirações. Uma espécie de X-files pessoal que agora partilho com o mundo. Espero que gostem e comentem sempre que queiram.

Mulher Muçulmana estava possuída por 7 demónios

por Morningstar, em 09.02.18

Um mulher muçulmana de 34 anos foi liberta de 7 demónios, após a sua conversão ao cristianismo. Encontrava-se doente à 16 anos e nem médicos, islamismo e ou feiticeiros conseguiram aliviar o seu sofrimento.

church-569373_1280.jpg

Segundo Muhammad, pastor da igreja da New Pacto Missions (NCM) na África Oriental, a mulher desde os 16 anos continuava a ficar cada vez mais doente. Ela encontrava-se desesperada e o dinheiro da família começava a escassear.

Depois que ela se dirigiu à igreja, ao orarem nela impondo as mãos na cabeça, 7 demónios se revelaram gritando e resistindo à oração, mas acabaram por sair dela.

Após a sua libertação, converteu-se ao cristianismo e encontra-se a recuperar a sua saúde.

Perante tal milagre, a sua família converteu-se, também, ao cristianismo.

 

 

Histórias da minha vida | No tempo em que ia às igrejas | A possessão demoníaca (parte 4)

por Morningstar, em 27.01.18

ghost-2746181_640.jpg

 As possessões demónicas são um dos pontos fortes que mais atraem as pessoas para essas igrejas, seja pela curiosidade ou por acharem que estão possuídas.

Quando se está la dentro, a lavagem cerebral começa sempre em fazer a pessoa acreditar que é vitima de algo maligno e, ou, que está a ser vítima de opressão demoníaca. Nunca se diz à pessoa que está possuída, mas, revela-se à pessoa que há demónios a agir na vida. Eu apercebi-me que quando se diz a uma pessoa que está possuída, ela tem a tendência de ir embora com medo ou achar que estão loucos.

Então como se diz à pessoa que está possuída? Não se diz! Leva-se a pessoa a acreditar. É lhe apresentado sintomas de possessão, como viver com medo, ouvir vozes e ver vultos, dores de cabeça constantes, doenças que os médicos não descobrem as causas, insónia, nervosismo, vícios, desejo de suicídio, depressão e outras coisas que podem ser usadas para o efeito.