Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estamos Sozinhos?

Este é o meu blogue onde procuro dar a conhecer histórias relacionadas com o paranormal e conspirações. Uma espécie de X-files pessoal que agora partilho com o mundo. Espero que gostem e comentem sempre que queiram.

Desde o início sempre procuramos algo mais que a nossa existência

por Morningstar, em 23.10.17

Videncia 3.jpg 

A busca de extraterrestres é mais antiga do que aquilo que se pensa. Desde as civilizações pré-clássicas que a humanidade está de olhos postos no céu, seja em busca dos seus deuses, seja em busca de outras formas de vida com que pudesse contatar.

A prova disso está no conhecimento astronómico e astrológico que se tem descoberto nessas culturas e que revela que eles sabiam mais do que aquilo que se podia esperar.

Como é que eles sabiam isso? É a grande questão que comporta muitas teorias.

Sim, teorias. Porque, mesmo aquilo que hoje é aceite pela comunidade cientifica e historiadores, é baseado numa interpretação pessoal das informações que se possui. Não há nenhuma prova que nos responda a 100%. E se a há, então, nós ainda não a conseguimos entender.

Por mais que todos nós queiramos responder a essa questão com uma figura divina ou com o contacto extraterrestre, ela não irá passar de uma resposta que é baseada na nossa crença individual sobre o assunto.

Sempre foi assim e sempre será. Durante todos os períodos históricos, várias teorias foram discutidas, aceites, refutadas e até subjugadas, como no medievalismo.

É do conhecimento que todos os dados que se possui podem muito bem ter sido adulterado no passado, pelas mesmas civilizações que fomentaram essa cultura, por motivos políticos e religiosos.

O que é certo, é que a humanidade nunca se conformo com a sua única existência no universo. Sempre necessitou de um Deus ou mais para justificar as suas ações, ou de seres de outro planeta.

Deuses de outros mundos: o culto a discos voadores e extraterrestres

por Morningstar, em 01.08.17

Design sem nome-4.png

O presente trabalho tem por finalidade estudar a dimensão religiosa da crença em discos voadores e extraterrestres no Brasil. Analisando alguns grupos de contatados, formados por homens e mulheres que dizem receber mensagens de ETs, destacamos quem são, o que pensam e o que anunciam seus adeptos a respeito do significado da vida, da origem do mundo e do futuro da humanidade. Inicialmente, mostramos como o mundo se familiarizou com a idéia de que habitantes de outros planetas estariam visitando a Terra em espaçonaves avançadas. Depois, apresentamos os elementos que contribuíram para o aparecimento dos grupos de contatados nos Estados Unidos e no Brasil, seguindo-se de exemplos em ambos os contextos. A rede de simpatizantes e leitores formada em torno do contatado Jan Val Ellam, em São Paulo, é então submetida a uma análise, destacando-se sua forma de organização, ferramentas de comunicação e o conteúdo religioso das mensagens recebidas por ele. Por fim, são discutidos os possíveis fatores que poderiam explicar o sucesso de alguns desses grupos, além do modo como se relacionam com a ciência e a religião.

 

Autor: Veronese, Michelle Marinho

Dissertação: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1993

Conspiração Cristã - Como o Cristianismo tem mentido ao longo dos anos

por Morningstar, em 31.08.16

Basílica-de-São-Pedro-Vaticano.jpg

Desde há 2000 mil anos que a Igreja Cristã tem se mantido no mundo como uma verdade absoluta e as suas verdades espirituais incontestáveis. Porém, ao analisar a História da Civilização, vemos que se trata da mentira mais bem elaborada do mundo.

Decidi então investigar alguns aspetos da doutrina Cristã para perceber como esta mentira se tem perpetuado e se tem alastrado pelos anos. Desde à atribuição de santos em substituição dos deuses greco-romanos, à falsa existência de um Cristo, as mentiras e ofensas à inteligência humana têm se alastrado de uma forma que permite que o controlo político-religioso faça como que os poderes da Igreja se tenham mantido por anos sem fim.

A intensão não ir ofender ninguém, mas, ajudar as pessoas a tirarem as suas próprias conclusões sobre os dados recolhidos e que irei exibir durante alguns artigos. Ninguém é obrigado a acreditar, assim, como ninguém é obrigado a permanecer na mentira.

Brevemente irei publicar o primeiro artigo sobre a Conspiração Cristã.

Deuses, Extraterrestres e os Jogos Olímpicos

por Morningstar, em 23.08.16

were-ancient-olympic-games-held_da33ac6e40c789d.jp

Antes de abordar o assunto em título, gostaria de felicitar a prestação dos atletas portugueses, quer tenham conquistado medalhas ou não. Estão de parabéns pelo seu esforço e dedicação por Portugal.

Sabemos que os Jogos Olímpicos, nasceram na Grécia Antiga, ou pelo menos adotaram este nome em homenagem aos deuses do Monte Olimpo. Estes tipos de atividades desportivas, com teor religioso, já eram praticados no Antigo Egipto.

Este tipo de homenagem era essencial na cultura destas civilizações, e outras que tinham menos destaque nesta época, visto que era uma forma de apaziguar a fúria dos deuses. Em algumas, ainda podemos observar que os vencedores dos jogos, recebiam a “honra” de serem sacrificados.

No entanto, eu tenho que perguntar o porquê dos deuses querem ser homenageados com jogos, em que se destacava a forma física de cada um. Qual o objetivo de querem ver pessoas a competir entre si? Ou seja, quando alguém que é homenageado, recebe uma prenda, uma medalha ou outro tipo de reconhecimento, mas, nos jogos, quem recebe o destaque e o prestigio é o vencedor, não os deuses.

A Teoria dos Antigos Astronautas inspiramos a pensar que os deuses do passado eram na verdade extraterrestres (depois escreverei sobre o assunto). Assim, por este raciocínio, os Jogos Olímpicos não seriam para homenagear os deuses, mas, sim, extraterrestres.

Claro que isto não responde à minha questão. Ela continua a existir.

E se este tipo de jogos, não tivesse na verdade o objetivo de homenagear quem quer que seja, mas avaliar o desenvolvimento humano. Sabemos que os extraterrestres muitas das vezes abduzem pessoas para realizar testes médicos, mas, e se eles quisessem testar os o corpo humano através do desporto?

Tal comos os atletas nos dias de hoje são avaliados pelo seu desempenho em campo, os extraterrestres poderiam muito bem estar a estudar os desportistas como forma de saber como o corpo humano se pode desenvolver através de séries de exercícios. Não seria necessária uma abdução, pois como hoje em dia a tecnologia permite avaliar o rendimento de um desportista sem ter que estar num espaço clínico, também, nos tempos da antiguidade, os desportistas eram avaliados da mesma forma. Ou seja, os Jogos Olímpicos eram uma falsa homenagem, porque o verdadeiro intuito era estudar o Ser Humano. E isso fazia com houvesse voluntários.

É obvio que isto é apenas uma teoria, mas, que a meu ver, tem mais probabilidades de ser verdade do que a homenagem.

No entanto, o Ser Humano encontrou outras formas de desporto que entretem as massas, como se se tratasse de uma espécie de Hungry Games, que se observa no Império Romano com o derramamento de sangue, que era o objetivo principal dos jogos nas grandes arenas. Homens contra homens, homens contra feras, passou a ser o entretenimento escolhido pelas massas que, apesar de ser atribuída a homenagem aos deuses, era na verdade uma forma de controlar as populações que cada vez mais procuravam sangue como forma de diversão.

 

Gostava de saber a vossa opinião sobre o assunto e deforma a se criar uma discussão saudável e respeitadora das opiniões de cada um.